Candidíase Vaginal

Candidíase, o que é?

É uma infeção vaginal causada por um fungo designado Candida e pode manifestar-se por:

– Corrimento vaginal esbranquiçado;

– Ardor, prurido (comichão) na vagina, vulva e zonas adjacentes;

– Rubor (vermelhidão) da vagina, vulva e zonas adjacentes;

– Odor desagradável;

– Dor na vagina e vulva.

Habitualmente verifica-se um agravamento antes da menstruação.

Frequência?

Cerca de 75% das mulheres têm pelo menos um episódio ao longo da vida e 40-45% têm dois ou mais.

Classificação

Candidíase não complicada: esporádica ou pouco frequente; ligeira a moderada; mulher não imunocomprometida;
Candida Albicans é o agente mais provável.
Candidíase complicada: recorrente*; severa; mulher com diabetes descompensada, debilitada ou imunocomprometida.
* se ocorrem 4 ou mais episódios sintomáticos por ano.

Prevenção

Podem ser necessários tratamentos preventivos (fale com o seu médico).
Atenção à sua higiene íntima, procure evitar o uso de roupas demasiado justas ou apertadas; verifique
se não é alérgica às roupas com tecidos sintéticos, aos pensos higiénicos ou tampões. Reduza a ingestão de alimentos
e bebidas com açúcar.

Cuidados de Higiene Íntima

Técnica de higiene
A vulva, a região púbica, a região perianal e os sulcos crurais (raiz das coxas) deverão ser higienizados com água corrente e com produtos de higiene, fazendo movimentos que evitem trazer o conteúdo perianal para a região vulvar e que atinjam todas as dobras sem exceção. Incluir os sulcos interlabiais (entre pequenos e grandes lábios), região retro prepucial (clítoris). Não se recomenda a introdução de água e/ou outros produtos no interior da vagina (lavagens vaginais). Secar cuidadosamente as áreas lavadas com toalhas secas e limpas, que não agridam o epitélio da região.

Saiba mais em www.candiset.pt